Apresentação

O Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar – FOR-MAR, foi criado em 2008 por protocolo celebrado entre o Instituto do Emprego e Formação Profissional I.P. e a Direcção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos, enquadrado no regime previsto no Decreto-Lei nº 165/85 de 16 de maio.

O FOR-MAR tem como principal atribuição a promoção de atividades de formação profissional para a valorização dos recursos humanos dos setores ligados às atividades marítimas e, neste contexto, desenvolve a sua atividade formativa em três grandes eixos:

  • Assegurar a realização de formação profissional necessária à qualificação, reconversão profissional, aperfeiçoamento e progressão nas carreiras dos profissionais marítimos, nos termos legais em vigor, bem como dos outros profissionais dos setores que integram o âmbito da sua atividade.
  • Assegurar a avaliação e certificação da aptidão profissional decorrente da frequência de cursos ou prestação de provas de exame, bem como proceder ao reconhecimento, validação e certificação de competências profissionais adquiridas em contextos de aprendizagem formal ou informal aos profissionais dos setores que integram o âmbito da sua atividade, em particular aos profissionais marítimos dos escalões da mestrança e marinhagem.
  • Promover a formação e a avaliação de competências específicas do exercício da atividade marítima legalmente requeridas a nível nacional e internacional.

As palavras-chave que definem a nossa atividade são: Qualificar, Valorizar e Formar.
Procuramos criar oportunidades e promover a competitividade na nossa área de atuação.


Portaria nº 311/2008 de 23 de abril
Homologa o protocolo que cria o Centro de Formação Profissional das Pescas e do Mar (FOR-MAR)


O FOR-MAR encontra-se implantado ao longo da costa continental Portuguesa ministrando formação, com carácter permanente, em 12 Polos de Formação:

  1. Polo de Viana do Castelo
  2. Polo de Póvoa de Varzim – Vila do Conde
  3. Polo de Matosinhos
  4. Polo de Ílhavo
  5. Polo de Figueira da Foz
  6. Polo de Nazaré
  7. Polo de Peniche
  8. Polo de Lisboa
  9. Polo de Sesimbra
  10. Polo de Setúbal
  11. Polo de Portimão
  12. Polo de Olhão

O FOR-MAR desenvolve também a sua atividade formativa noutras localidades onde não tem Polos de Formação, como por exemplo em Afurada, Olival, Régua, Ericeira, Cascais, Vila Franca de Xira, Sines, Vila Nova de Milfontes, Quarteira, Lagos, Vila Real de St. António, entre outras. O FOR-MAR estende ainda a sua colaboração às Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores.

Os Polos são na sua generalidade construídos de raiz, e estão normalmente implantados na proximidade de portos de pesca.

De um modo geral, os Polos dispõem além das salas de formação, de uma secretaria e área de atendimento, sala de formadores e biblioteca.

As salas de formação para sessões de formação eminentemente teóricas, de um modo geral, estão equipadas com quadro, TV, DVD, projetor multimédia, mesas e cadeiras para formador e formandos. Nove dos Polos estão equipados com Quadros Interativos, normalmente instalados nas Salas de Navegação.

As salas de formação para sessões de formação prática agrupam-se nas tipologias a seguir indicadas:

  1. Oficina de Marinharia e Tecnologia da Pesca
  2. Sala de Segurança Marítima
  3. Sala de Navegação
  4. Simulador de Radar e de Navegação
  5. Simulador de Radiocomunicações Marítimas
  6. Simulador de Deteção e Pesca
  7. Simulador de Estabilidade
  8. Laboratório de Máquinas e Tecnologia Mecânica
  9. Oficina de Frio e Climatização
  10. Laboratório de Eletricidade e Eletrónica
  11. Oficina de Carpintaria Naval
  12. Laboratório de Biologia e Processamento do Pescado
  13. Sala de Informática